Banner Expo Agosto
Sonoriza Som
Pesca Esportiva do Tucunaré 22 a 29-08
Santa Catarina

Governo realiza encontro com gestores dos 16 municípios participantes do Gente Catarina no Oeste

Com o objetivo de melhorar os índices de Desenvolvimento Humano e Social nos municípios com os menores IDHs do estado, o Programa Gente Catarina (G...

29/06/2022 20h35
Por: Marcos Umeres
Fonte: Secom Santa Catarina
24
 Foto:  Gabriel Kreutz/Gente Catarina/Fapesc
 Foto:  Gabriel Kreutz/Gente Catarina/Fapesc

Com o objetivo de melhorar os índices de Desenvolvimento Humano e Social nos municípios com os menores IDHs do estado, o Programa Gente Catarina (GC), do Governo do Estado, está ampliando suas ações. Um encontro, em Chapecó, entre integrantes do projeto e gestores de 16 municípios, marcou o início dos trabalhos na região Oeste, nesta quarta-feira, 29.

A reunião, realizado pela equipe da Secretaria de Estado da Saúde (SES), juntou secretários municipais de Saúde, coordenadores da Atenção Primária à Saúde, coordenadores de Vigilância Epidemiológica e representantes da Secretaria de Educação e Assistência Social dos 16 municípios que fazem parte do Programa na região. Também participaram especialistas da Sala de Situação do Gente Catarina em Chapecó.

“O Governo já ajuda com recursos financeiros e apoio técnico a melhoria e aprimoramento da atenção primária. No entanto, há municípios necessitam de uma atenção diferencial. Assim, o Programa se propôs a apresentar o motivo da ação. Então, as equipes das regionais de saúde vão às cidades para entender a realidade, as dificuldades dentro da atenção primária, que são as gestantes, as crianças menores de um ano e a população jovem que tem problema de hipertensão e diabetes, problemas que podem agravar e levar a morte precoce”, explica Carmem Regina Delziovo, superintendente de Planejamento em Saúde da SES.

Carmem complementa que, nesta etapa, é o momento de conversar com os agentes municipais, conhecer as unidades básicas, as equipes, falar com os gestores, entender qual é o panorama local. Isso para entender no que a Saúde, articulada com as outras secretarias de governo, pode apoiar para melhorar indicadores relacionados a mortalidade evitável - morte das mulheres grávidas e também morte de pessoas jovens.

“O importante, seguindo uma das principais bandeiras do governador Carlos Moisés, é que a gente esteja junto aos municípios, é entender a realidade e trazer as ofertas que conversem com a realidade desses territórios, para que a equipe local consiga fazer a diferença a partir do nosso apoio, com ações do Governo que não são só na área da saúde. Para melhorar o desenvolvimento humano, precisa também melhorar a economia, a educação e ter acesso aos benefícios sociais. Então tudo isso, atuando em conjunto, vai fazer a diferença aqui também, como já fez na região Serrana”, sublinha

O tenente-coronel Frederick Rambusch, da coordenação do Programa, ressalta que o Gente Catarina tem como objetivo atuar sobre as causas que prejudicam o desenvolvimento humano de 61 territórios catarinenses. “Dessa maneira, o Gente Catarina busca atuar sobre indicadores e aspectos sociais que estruturam o Índice de Desenvolvimento Humano, sendo eles a mortalidade infantil, a morte prematura, que impacta na longevidade dos territórios, a evasão escolar e os cenários de emprego e renda”, conclui.

Governo realiza encontro com gestores dos 16 municípios participantes do Gente Catarina no Oeste
Foto: Reprodução/Secom Santa Catarina

Impacto nos municípios

Com 4.684 habitantes (IBGE/2019), Romelândia, no Oeste do Estado, é um dos integrantes do Gente Catarina (GC). O município será um dos cinco primeiros que receberão as ações do Programa do Governo do Estado. A secretária de Saúde de Romelândia, Jane Maira Joris, participou nesta quarta-feira, 29, do evento que marcou a primeira atividade do Gente Catarina na região, e entendeu melhor como as ações que serão desenvolvidas impactarão na melhoria da qualidade de vida de sua comunidade.

“O Programa está muito bom, vai nos ajudar muito na construção e na melhoria dos processos, principalmente no cuidado com a saúde e integração também com as outras secretarias, como a educação e assistência social. Também, vai nos dar nortes para poder auxiliar na questão de saúde do nosso paciente, as patologias que estão ocorrendo, e a pensar lá na frente o processo de construção, para que essas doenças melhorem e o número de casos delas diminua”, destaca.

Além de Romelândia, serão atendidos num primeiro momento os municípios de Anchieta, Campo Erê, Santa Terezinha do Progresso e Saltinho. Depois, também passam a receber as ações do Programa os municípios de Abelardo Luz, Bandeirante, Caxambu do Sul, Coronel Martins, Entre Rios, Ipuaçu, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, Vargeão e São Bernardino.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Marechal Cândido Rondon - PR
Atualizado às 14h24
12°
Poucas nuvens Máxima: 13° - Mínima:
12°

Sensação

23 km/h

Vento

31.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Redes Sociais
Campanha Dia dos Pais - Acimacar
Sonoriza Som
Municípios
Campanha Dia dos Pais - Acimacar
Dengue - Prefeitura Marechal Cândido Rondon
Sonoriza Som
Últimas notícias
Sonoriza Som
Campanha Dia dos Pais - Acimacar
Mais lidas
Sonoriza Som
Sonoriza Som