Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 Fale Conosco Redação: (45) 9.9934-0761
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desentendimento com pedreiro termina na polícia em Maripá

Maripá | 02/12/2021 | 13:56 |

Na quarta-feira (1º), por volta das 14h30, um casal compareceu à sede da Polícia Militar (PM) de Maripá e relatou ter se desentendido com um pedreiro.

De acordo com o relatório policial, as vítimas teriam contratado um pedreiro para realizar uma construção de alvenaria, cujo prazo de conclusão vence nesta sexta-feira (03), porém o homem teria mandado um áudio para o noticiante dizendo que não conseguiria cumprir o contrato e encerraria o acordo. Apesar de não completar o serviço, o pedreiro teria dito que “ficaria tudo certo entre eles” e que o valor pago pelo maripaense serviria como pagamento ao serviço já realizado. A vítima disse ainda que o pedreiro o orientou a procurar outro para terminar a obra.

O pedreiro teria feito o destrato nos termos do áudio, porém até o momento o sujeito não tinha assinado a anulação do contrato. Além disso, o solicitante relatou que o pedreiro teria deixado as ferramentas na obra, o que estaria impedindo o trabalho do outro profissional. O pedreiro, por sua vez, teria dito que retiraria as ferramentas na quinta-feira e não teria retirado.

O casal foi devidamente orientado pela polícia quanto aos procedimentos cabíveis.

 

O Presente 

| Fotos: Divulgação |
PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Tadeu Materiais de Construção
Colégio Luterano Rui Barbosa