Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020 Fale Conosco Redação: (45) 9.9934-0761
Três dicas de feng shui para o quarto que vão ajudá-lo a dormir melhor
Comunidade escolar de Marechal Rondo vota “sim” ou “não” para implantação de colégios cívico-militares
Professora da UFPR/Palotina lança livro “Professores em tempo de pandemia: manual de sobrevivência”
Seis alimentos ricos em ácido fólico. Entenda a sua importância
Paraná lidera ranking nacional com 57 mil empregados pelas Agências do Trabalhador
Câmara aprova denominação de rua em homenagem ao pastor Mario Hort
Marechal Cândido Rondon registra mais um óbito por Covid-19
Condutor perde controle do veículo e derruba poste no interior de Marechal Rondon
Cocaína dentro de paçocas são encontradas na cadeia de Marechal Rondon
Ex-BBB Diego Alemão é denunciado por lesão corporal, ameaça, desacato e embriaguez ao volante pelo MP do Paraná
São Miguel Futsal vence o Toledo por 7 a 5 na LFP
Colégios cívicos-militares: Oeste tem 12 municípios e 22 instituições contempladas; votação acontece hoje e amanhã
Caminhão guincho perde controle e cai em cima de automóvel em São Miguel do Iguaçu
Arquiteto de PG lança livro de comédia autobiográfica
Hemonúcleo pede doações de sangue de pessoas recuperadas da Covid-19, em Foz do Iguaçu
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ex-chanceleres apoiam Maia e condenam 'utilização espúria de solo nacional' pelos EUA

Mundo | 20/09/2020 | 23:41 |

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Seis ex-chanceleres brasileiros assinaram uma nota de apoio ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em que igualmente repudiam a visita do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, às instalações da Operação Acolhida, em Roraima, na fronteira com a Venezuela.

"Condenamos a utilização espúria do solo nacional por um país estrangeiro como plataforma de provocação e hostilização a uma nação vizinha", afirmam os ex-chanceleres na nota. Para eles, Rodrigo Maia foi "intérprete dos sentimentos do povo brasileiro".

Na sexta (18), Maia disse que a ida de Mike Pompeo às instalações da Operação Acolhida, que recebe venezuelanos que migraram para o Brasil, é uma "afronta às tradições de autonomia e altivez" da política externa brasileira.

Em nota, o presidente da Câmara afirmou que a visita, a apenas 46 dias das eleições nos Estados Unidos, "não condiz com a boa prática diplomática" e internacional. Pompeo é secretário de estado de Donald Trump, que busca o segundo mandato como presidente dos EUA.

Em resposta, o chanceler brasileiro Ernesto Araújo disse que Maia se baseia em "informações equivocadas" e que não é possível ignorar o "sofrimento do povo venezuelano".

A nota de apoio a Maia é assinada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi chanceler no governo de Itamar Franco entre outubro de 1992 e maio de 1993, e pelos ex-chanceleres Francisco Rezek (governo Collor), Celso Lafer (governos Collor e FHC), Celso Amorim (governos Itamar Franco e Lula), José Serra e Aloysio Nunes Ferreira (governo Temer).

Endossam ainda o documento o ex-ministro da Fazenda Rubens Ricupero, que é diplomata e foi embaixador em Washington, e Hussein Kallout, ex-secretário de Assuntos Estratégicos no governo de Michel Temer.

No texto, eles dizem ainda que, "de igual forma que o presidente da Câmara dos Deputados", reafirmam que a Constituição estabelece os princípios pelos quais o Brasil deve guiar suas relações internacionais: independência nacional, autodeterminação dos povos, não-intervenção e defesa da paz.

"Conforme salientado na nota do presidente da Câmara, temos a obrigação de zelar pela estabilidade das fronteiras e o convívio pacífico e respeitoso com os vizinhos, pilares da soberania e da defesa", diz ainda o texto.

Leia, abaixo, a íntegra da nota:

"Responsáveis pelas relações internacionais do Brasil em todos os governos democráticos desde o fim da ditadura militar, os signatários se congratulam com o Deputado Rodrigo Maia, Presidente da Câmara dos Deputados, pela Nota de 18 de setembro, pela qual repudia a visita do Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, a instalações da Operação Acolhida, em Roraima, junto à fronteira com a Venezuela.

Na qualidade de Presidente do órgão supremo da vontade popular, o Deputado Rodrigo Maia foi o intérprete dos sentimentos do povo brasileiro ao constatar que tal visita, "no momento em que faltam apenas 46 dias para a eleição presidencial norte-americana, não condiz com a boa prática diplomática internacional e afronta as tradições de autonomia e altivez de nossas políticas externa e de defesa".

De igual forma que o Presidente da Câmara dos Deputados, os signatários se sentem no dever de reafirmar o disposto no Artigo 4º da Constituição Federal, em especial os seguintes princípios pelos quais o Brasil deve guiar suas relações internacionais: (I) Independência nacional; (III) Autodeterminação dos povos; (IV) Não-intervenção e (V) Defesa da Paz.

Conforme salientado na Nota do Presidente da Câmara, temos a obrigação de zelar pela estabilidade das fronteiras e o convívio pacífico e respeitoso com os vizinhos, pilares da soberania e da defesa. Nesse sentido, condenamos a utilização espúria do solo nacional por um país estrangeiro como plataforma de provocação e hostilidade a uma nação vizinha.

Lembramos que representantes eleitos do povo de Roraima como o Senador Telmário Mota vêm repetidamente chamando a atenção para os prejuízos de toda a ordem causados às populações fronteiriças brasileiras por ações extremas do Itamaraty em relação à Venezuela, algumas das quais objetos de suspensão pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal.

Finalmente, fazemos votos para que, dando sequência à Nota do Presidente Rodrigo Maia, as duas Casas do Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, guardiões da Constituição de 1988, exerçam com plenitude as atribuições constitucionais de velar para que a política internacional do Brasil obedeça rigorosamente no espírito e na letra aos princípios estatuídos no Artigo 4º da Constituição Federal."

| Fotos: Notícias ao Minuto |
PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Tradição e qualidade nos mínimos detalhes! Agende seu horário!
Point Drink's, o Point especializado em Drink's
Contrate Sonoriza Som
Divulgação, Locação de Som e Luzes
Arena Society