Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 Fale Conosco Redação: (45) 9.9934-0761
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Muito cuidado. Roncar pode ser sinônimo de problemas graves de saúde

Variedades | 01/12/2021 | 04:46 |

A roncopatia ou ressonar, como é vulgarmente conhecido, é um dos problemas respiratórios mais comuns durante o sono. No entanto, não é normal e para alguns pode ser o primeiro sinal de uma doença com consequências graves. 

Quando o roncar está associado à apneia, isto é, quando há uma interrupção do fornecimento de oxigênio no organismo, podem surgir problemas cardiovasculares como hipertensão, enfarte cardíaco, acidentes vasculares cerebrais, diabetes e até morte prematura, aponta a Academia Americana de Medicina do Sono. Muitos brasileiros não fazem ideia de que sofrem da doença, mas a realidade é que retira qualidade de vida de quem ronca e de quem está por perto, pelo que procurar ajuda médica é, por isso, o primeiro passo a dar assim que o doente perceba sintomas incomuns.

Habitualmente, a apneia do sono manifesta-se pela roncopatia. Mas a este sintoma juntam-se outros. "A partir do momento em que o paciente se queixa de cansaço durante o dia, dor de cabeça matinal e sono pouco reparador, pode estar também com um distúrbio respiratório”, explica o médico Sérgio Pontes Prado especialista em sono, ao portal Metrópoles.

A apneia do sono, segundo o portal Lusíadas, é mais frequente nos homens, sobretudo a partir dos 40 anos. O excesso de peso é também uma característica comum a muitas pessoas que sofrem desta doença.

Leia Também: Cinco alimentos que vão ajudá-lo (e muito) ter uma boa noite de descanso

ACOMPANHE AQUI O Compartilhe esta notícia com os seus amigos Compartilhe esta notícia com os seus amigos
| Fotos: Notícias ao Minuto |
PUBLICIDADE
INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER E RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS POR E-MAIL
Colégio Luterano Rui Barbosa
Tadeu Materiais de Construção