Anuncie Aqui
Sonoriza Som
Ensino Superior

Governo destina R$ 9,7 milhões para projetos de extensão das universidades estaduais

As propostas devem englobar áreas identificadas como prioritárias pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia (CCT Paraná): Agricultura e Agr...

02/04/2024 23h30
Por: Marcos Umeres
Fonte: Secom Paraná
Foto: Jaelson Lucas/Arquivo AEN
Foto: Jaelson Lucas/Arquivo AEN

O Governo do Estado anunciou nesta terça-feira (2) mais um pacote de investimento, da ordem de R$ 9,7 milhões, para o fomento dos projetos de extensão desenvolvidos pelas sete universidades estaduais. Os recursos contribuem para a melhoria da formação profissional dos estudantes e dos serviços prestados à comunidade, por meio das atividades das universidades.

Os valores são oriundos do Fundo Paraná de fomento à ciência e tecnologia, administrado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti). As instituições estaduais devem submeter os projetos até 31 de maio.

Os recursos são destinados a projetos de extensão propostos pelas instituições de ensino superior do Estado, eventos de divulgação científica, entre outras iniciativas, tendo em vista a inclusão das ações de extensão universitária nos currículos das graduações.

Entre os benefícios previstos no edital, estão o aprimoramento da formação profissional dos alunos, a integração entre o conhecimento produzido dentro da universidade com as demandas sociais, o desenvolvimento sustentável e medidas que facilitem a transformação digital nas universidades.

As propostas devem englobar áreas identificadas como prioritárias pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia (CCT Paraná): Agricultura e Agronegócio; Biotecnologia e Saúde; Energias Inteligentes; Cidades Inteligentes; e Educação, Sociedade e Economia.

COMUNIDADE– Mais de R$ 2,3 milhões dos recursos serão destinados para ações extensionistas direcionadas a minorias sociais. Com a disponibilidade de R$ 1,3 milhão, as universidades devem apresentar propostas voltadas às Universidades da Terceira Idade, que são projetos desenvolvidos em todas as sete instituições de ensino superior vinculadas ao governo, para este público-alvo.

A outra parte deve envolver a elaboração de cursos preparatórios para os vestibulares de cada instituição. As capacitações serão destinadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica.

PESQUISA– Outro edital, no valor de R$ 6 milhões, prevê o aprimoramento da rede de laboratórios multiusuários, anunciado em março pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior como parte de um pacote de investimento de R$ 212 milhões. As instituições estaduais de ensino superior e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) têm até 29 de abril para submeter os projetos para essa chamada pública.

O investimento será destinado para a modernização da infraestrutura da rede de laboratórios compartilhados entre as universidades estaduais e o Tecpar. A ação favorece, ainda, as atividades dos programas de pós-graduação e a cooperação entre instituições de pesquisa e ensino.

O sistema de Laboratórios Multiusuários favorece a otimização do uso de recursos e contribui para atividades de pesquisa e desenvolvimento ao evitar a aquisição duplicada de equipamentos e facilitar o acesso a diferentes ferramentas.

ORÇAMENTO RECORDE– O orçamento aprovado para o financiamento de programas estratégicos da área de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior na Lei Orçamentária Anual de 2024 tem um valor total de R$ 708,9 milhões. O valor é resultado de parte da receita tributária do Estado, e é compartilhado com a Fundação Araucária, a Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI), o Tecpar, o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR) e o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários