Anuncie Aqui
Sonoriza Som
Governo

Com palestra de Paulo Hartung, Governo do Paraná retoma ciclo de encontros com especialistas

Expoente na política brasileira, três vezes governador do Espírito Santo, Hartung falou sobre desafios e oportunidades do Brasil no contexto mundi...

03/04/2024 09h05
Por: Marcos Umeres
Fonte: Secom Paraná
Foto: Jonathan Campos/AEN
Foto: Jonathan Campos/AEN

O Governo do Estado retomou nesta terça-feira (2) o ciclo de encontros com especialistas para debater temas de relevância no cenário nacional. O ex-governador do Espírito Santo e atual presidente da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), Paulo Hartung, apresentou a representantes de diversas secretarias os desafios e oportunidades do Brasil nos próximos anos dentro do atual contexto mundial.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior abriu o encontro e destacou que a ideia é reunir especialistas periodicamente para apresentar à equipe de governo assuntos relacionados à gestão pública. No ano passado a primeira edição foi com Paulo Herrmann , um dos grandes especialistas do agronegócio no mundo. “Paulo Hartung é uma grande referência para mim na política, fez um grande trabalho à frente do Governo do Espírito Santo, além de ser um nome importante na iniciativa privada”, afirmou.

“Encontros como este, com grandes especialistas brasileiros, contribuem com a formação da nossa equipe, para continuarmos alinhados na busca de soluções para o Estado”, destacou o governador. “Tudo isso ajuda a consolidar o bom momento do Paraná. Fomos o Estado com o maior crescimento da atividade econômica no ano passado, nosso PIB avançou 5,8% em 2023 e, em fevereiro, criamos mais de 33 mil empregos no Estado, o melhor resultado dos últimos três anos”.

Hatung também citou os bons resultados do Paraná e destacou que o bom desempenho é fruto do trabalho de uma equipe alinhada. “Nós brasileiros estamos assistindo a boa condução que está sendo executada pelo Governo do Paraná. O Estado adquiriu uma posição de destaque na educação pública, estamos vendo a evolução da área fiscal e no desenvolvimento econômico. É impressionante o que o Paraná está vivendo nesses últimos anos em termos de crescimento econômico, é um diferencial no País”, disse.

“Esse sistema de reunir a equipe do governo para conversar com pessoas diversas é algo muito positivo, porque traz um conjunto de reflexões e de ideias que acabam sendo úteis para o trabalho da equipe”, salientou o palestrante. “Pensar do ponto de vista estratégico sobre as questões do Estado, do Brasil e do mundo, olhar o que está acontecendo e as oportunidades e desafios que se apresentam é uma coisa importante”.

DESAFIOS E OPORTUNIDADES– Com o tema “Brasil, Desafios e Oportunidades”, Paulo Hatung apresentou um panorama do mundo no pós-pandemia, mostrando como o Brasil pode se posicionar perante os desafios que vieram à luz desde então. “A pandemia mostrou desorganização das cadeias de suprimento do mundo, que mesmo com a globalização, deixou faltar coisas básicas. Depois dela veio uma inflação mundial, alta de juros e um conflito crescente pela disputa de hegemonia mundial”, disse.

Hatung destacou que, mesmo com esses desafios, o Brasil tem conseguido avançar nas reformas econômicas, tem apresentado crescimento na economia nos anos pós-pandêmicos e reúne uma série de ativos que podem tornar o País um referencial em áreas como sustentabilidade e transição energética.

“Estamos com a maior oportunidade da história econômica em cima da mesa. O mundo discute sobre as mudanças climáticas, um dos grandes temas do nosso tempo, e nós temos como ativo a maior floresta tropical do mundo, que concentra grande parte da biodiversidade do planeta. Também temos um grande potencial para sermos o provedor de energia limpa para o mundo, da mesma forma como já somos um dos grandes provedores de alimentos”, salientou Hartung.

“O que precisamos é combinar técnica com a política, e não falta gente capacitada e qualificada no Brasil. Tenho visto nascer boas lideranças no País”, ressaltou. “Também precisamos de bons marcos regulatórios, para dar segurança jurídica para atrair investimentos e tornar o País competitivo no cenário internacional”.

PALESTRANTE– Economista formado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), professor Honoris Causa da Universidade de Vila Velha e Doutor Honoris Causa da UFES, Paulo Hatung governou o Espírito Santo por três mandato. Também foi senador, deputado federal, deputado estadual e prefeito de Vitória.

Atualmente fora da política, ele comanda a Ibá, associação que reúne a cadeia produtiva de árvores plantadas para fins industriais. É também membro dos conselhos do RenovaBR, Cebri e do Instituto de Estudo para Política da Saúde (IEPS), além do Conselho Administrativo da Vale. Hartung também atua voluntariamente na formação de novas lideranças e realiza palestras sobre gestão pública em todo o País.

PRESENÇASParticiparam do evento o vice-governador Darci Piana; os secretários João Carlos Ortega (Casa Civil), Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento), Cleber Mata (Comunicação), Ricardo Barros (Indústria, Comércio e Serviços), Leandre Dal Ponte (Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa), Beto Preto (Saúde), Luciana Casagrande (Cultura), Guto Silva (Planejamento), Eduardo Pimentel (Cidades), Marcio Nunes (Turismo), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística), Roni Miranda (Educação), Elisandro Frigo (Administração e Previdência); o chefe de Gabinete do Governador, Darlan Scalco; os diretores-presidentes da Invest Paraná, Eduardo Bekin; da Sanepar, Cláudio Stabile; da Cohapar, Jorge Lange; do Ipardes, Jorge Callado; da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; da Ferroeste, André Gonçalves; do Tecpar, Celso Kloss; o diretor-financeiro do BRDE, Wilson Bley Lipski; o procurador-geral do Estado, Luciano Borges; e a controladora-geral do Estado, Luciana Carla Azevedo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários